Fertilidade yIN: Conceito

Fertilidade

A curiosidade académica e a experiência profissional foram potenciadas pela motivação de quem vive os sentimentos e as emoções, as dúvidas e as incertezas… os medos e as inseguranças da difícil procura pela Maternidade. Com frequência digo que “tudo na vida acontece com um objetivo, com um propósito…“ nem sempre o compreendemos de imediato, frequentemente não compreendemos de todo!, mas o tempo ajuda nos a organizar e arrumar tudo no seu devido lugar… e acima de tudo a crescer e evoluir com essas aprendizagens. Com isto quero dizer que embora tenham sido momentos difíceis, angustiantes… exigentes… o facto é que hoje percebo que foram determinantes para a vida que tenho hoje que me permite sorrir e ser tão Feliz!

Nunca tive as minhas duas risquinhas no teste de gravidez…  mas a vida permitiu-me vibrar com todos os testes que me inundam constantemente o whatsapp, os vossos testes, os vossos positivos, os meus positivos… os nossos sucessos!

Por vezes perguntam-me porque escolhi a MC, porque escolhi a Fertilidade. Não escolhi. Sinto que a Fertilidade e a Medicina Chinesa me escolheram, a vida empurrou-me nesta direção e permitiu-me experienciar vários momentos que hoje me tornam uma profissional compreensiva, sensível, empática. Uma profissional que estuda e procura incansavelmente aprofundar o seu conhecimento mas que acima de tudo compreende as mulheres que a procuram pois há sentimentos e emoções que os livros não explicam, tem de se viver, de se sentir. E eu Senti.

Y

Decompondo este símbolo identificamos 3 componentes:

  • a perna do Y simboliza a raíz que me liga a Terra, aos alicerces, à base, ao concreto… da qual retiro os meus princípios, a origem dos conceitos e a fundamentação da minha prática;
  • a parte superior do Y remete para o desabrochar de uma flor representando a gravidez, o nascimento, a fertilidade;
    o Y traduz a imagem de um útero e trompas como imagem representativa da mulher, do feminino e da fertilidade;
  • o Círculo em torno do Y representa um ciclo, o ciclo da vida, o ciclo da mulher, o ciclo menstrual; mas este círculo não se fecha em si mesmo na medida em que nada está estabelecido, nada está concluído pois um ciclo que se fecha em si mesmo morre. É um círculo aberto: aberto a novos conceitos, a novos conhecimentos, que se alimenta do exterior, do mundo, da vida

Y

Decompondo este símbolo identificamos 3 componentes:

  • a perna do Y simboliza a raíz que me liga a Terra, aos alicerces, à base, ao concreto… da qual retiro os meus princípios, a origem dos conceitos e a fundamentação da minha prática;
  • a parte superior do Y remete para o desabrochar de uma flor representando a gravidez, o nascimento, a fertilidade;
    o Y traduz a imagem de um útero e trompas como imagem representativa da mulher, do feminino e da fertilidade;
  • o Círculo em torno do Y representa um ciclo, o ciclo da vida, o ciclo da mulher, o ciclo menstrual; mas este círculo não se fecha em si mesmo na medida em que nada está estabelecido, nada está concluído pois um ciclo que se fecha em si mesmo morre. É um círculo aberto: aberto a novos conceitos, a novos conhecimentos, que se alimenta do exterior, do mundo, da vida

IN

IN / fashion / trend… focando-se no novo, no atual e na rotura com o existente. O objetivo é a criação de um conceito diferente, à imagem das mulheres que me procuram, mulheres autónomas, decididas, focadas e de sucesso no percurso que escolheram e construíram, que se deparam com a sensação de total ausência de controlo sobre a sua própria fertilidade.

O IN, surge vestido de moda, de tendência; IN é fashion, é novidade e funde-se com a letra y gerando o conceito de medicina chinesa: yIN.

yIN traduz, desta forma, a essência da minha prática: o feminino, a materialização, a raíz e a essência do conhecimento na sua forma mais estável e consistente, mas com a elegância e o glamour da Mulher atual.

A paixão pela Fertilidade surge como resultado de duas premissas base:

Formação académica e profissional: licenciatura em enfermagem, especialização em saúde materna e obstétrica, formação em medicina chinesa e 10 anos como enfermeira da Maternidade Dr. Alfredo da Costa (Serviço de Urgência, Sala de Partos, Bloco Operatório / Recobro / URCI e Consulta de Obstetrícia);

Percurso de vida: vivência da infertilidade e de vários tratamentos sem sucesso até o culminar de 2 gravidezes FIV, com dois filhotes Lindos e Saudáveis!